- Geral

Falar em público é um dos maiores medos do ser humano!

Para muitos, dá mais medo falar com um grupo de 15 pessoas do que ficar sem dinheiro ou mesmo ter de encarar uma cobra venenosa.

Eu também sou tímido, sabia? Isso mesmo, eu Fábio Lins, ator, comediante, apresentador, no fundo no fundo, sou tímido. Eu aprendi a não ser. Já me apresentei para plateias com 10 mil pessoas e minha família nunca iria imaginar uma coisa dessas quando olhavam pra mim nos meus 11 anos de idade. Era um “bicho do mato”, mas ainda assim consegui.

Um dos caminhos que me ajudou a superar a timidez era a capacidade de tirar o foco de mim e colocar no outro.

Dar total atenção para as pessoas ao meu redor, fazendo com que elas se sintam confortáveis, me colocar de fato interessado nelas e nas suas questões. Isso eu aprendi com cursos de improviso, onde sempre estamos jogando com o foco nos parceiros.

No auge da minha timidez lembro de me sentir exposto, como se não gostasse de mim mesmo em frente ao outros, como se os outros esperassem algo a mais de mim, algo que eu não saberia dar, ficava realmente sem jeito, me sentindo julgado.

Uma vez que eu tirasse meu ego da frente e percebesse que não era o único ali e nem o centro das atenções e justamente direcionasse a minha atenção para alguém, tudo ficava mais suave. Estar interessado nas pessoas te camufla, além de ser um lindo exercício, ainda mais nos dias de hoje, onde todos querem falar e poucos estão ouvindo.

Ajuda a pensar também que não sou tão importante para os outros quanto eles mesmos, cada um tem sua vida e seus problemas, sou apenas um coadjuvante nos filmes deles.

No palco, por incrível que pareça, isso não é tão diferente. Se você subir no palco realmente interessado em alguém ou alguma coisa, você se tornará mais interessante.

Ser interessante é estar interessado.

Experimente deixar seus pensamentos quanto a você mesmo de lado, tudo que você acha que os outros podem vir a pensar, os julgamentos, a sua roupa, se você é bom ou não, esqueça você. E foque no que te interessa.

Todos estão para te ver, porém você está para direcionar o olhar deles para outra coisa.

Por exemplo, se for escolhido para ler um trecho da bíblia na missa, ou se for sua vez de apresentar um trabalho em frente a turma ou mesmo se precisa apresentar um produto novo para a diretoria na empresa. Se coloque de tal maneira a ser o caminho e não o final.

Se torne o caminho para as palavras da bíblia, para o trabalho escolar ou para o produto novo. Se você estiver de fato interessado nisso, o foco das pessoas também irá pra lá.

Já observou gatos ou cachorros se preparando para dar um bote? Eles colocam foco total naquilo que querem e isso faz com que nós, nos interessemos imediatamente por eles, ficamos olhando um ser que está totalmente focado em realizar aquela ação.

O comediante quando sobre no palco, está lá por que tem algo a dizer, ele tem um foco, algum assunto lhe interessa e estar interessado faz com que a plateia cole nele.

Se estiver ali preocupado demais consigo mesmo, colocando o ego na frente, querendo parecer algo que não é, logo o público perde o interesse. Experimente se interessar por algo fora de você mesmo.

Abraços,

Fábio Lins

Recommended Posts
Comentário
  • Marina
    Responder

    Exemplo pra mim e pra muitos????

Deixe um Comentário

Start typing and press Enter to search