Sábado, 24 Outubro 2015 15:18

Política?

Política?

 

  • Muita gente reclama que os comediantes não são politizados. E se você acha que a maioria dos comediantes só fala merda, hoje eu vou provar que você, tá certo! 
  • Claro que a gente poderia ser mais politizado, mas no nosso caso não é uma obrigação, é uma escolha. Assim como um político poderia ser mais engraçado, mas no caso deles não é uma obrigação, é  uma consequência.
  • A gente ri de tudo que eles fazem, e como diria Frejat, rir de tudo... é desespero!
  • É tão absurdo, que a gente ri. E quando a gente sai na rua pra protestar, é tanta coisa pra consertar no país que cada um tá pedindo um negócio. O grupo não tem foco! Parece que você tá no Rock in Rio, tá ali gritando pro Metálica e do teu lado tem um maluco com a camiseta da Katty Perry! Hã?
  • É muita coisa pra concertar. Uma das principais é o salario dos políticos.  Não é que seja injusto, é tipo assim, se você pega um salario mínimo e coloca pra lutar  contra um salario de um senador. É como se você promovesse uma luta entre todas as famílias Grace, Silva e Belfort, e todos juntos iam lutar contra... o Zeca Camargo, cego!
  • Se o salario de todos os políticos fossem reduzidos em 80% eles ainda seriam mais ricos que todo mundo aqui junto, e ia sobrar 4 bilhões de reais para gastar com quem realmente precisa. 4 bilhões! Ou seja, 4 bilhões pra todo mundo poder comer, ter segurança, educação e o mais importante, wi-fi!
  •  Com 4 bilhões a gente poderia fazer o que a gente quisesse. Dava pra investir em ciência e tecnologia, construir uma máquina do tempo, voltar no tempo, em 1499, da um mapa pros Alemães chegarem aqui antes dos Portugueses e colonizar.  Aí não existir Brasil, ia existir uma mistura de Alemanha com Brasil, ia ser a Alebranha!
  • Ia ser do caralho, ia ser igual o Brasil, só que todo mundo alto e loiro, Brasil ia ser uma grande Florianópolis!
  • Ia continuar tendo uma mistura de negro, índio e branco. Mas não branco Português, branco Alemão. Ia ser irado, no lugar de sair na rua e ver um monte de padeiro, todo mundo ia pagar de Thor!
  • A gente ia tar em Valhala!
  • A gente ia perder o que sem os portugueses? As padarias? Foda-se, a padaria é portuguesa mas o que a gente come mesmo é pão francês!
  • E a gente sabe muito bem que a culpa do Brasil ser uma merda não é dos índios, nem dos negros. É daqueles portugueses que vieram só explorar e pra colonizar deixaram só os ladrões!
  • Então imagina a Alebranha, a gente não ia ter herdado essa burocracia portuguesa, que só facilita corrupção. As minas não iam gastar tanto tempo fazendo buço.
  • E a seleção de futebol ia ser a melhor do universo! A gente sabe que a gente não herdou futebol dos portugueses, os portugueses nunca ganharam nada no futebol, eles só tem o Cristiano Ronaldo! Que é lindo, mas é metido pra caralho! Ele é tão metido que ele parece mais argentino que o Messi.
  • Mas enfim, então pensa no nosso futebol misturado com dos alemães. Na Alebranha! A gente ia pegar as nossas 5 copas com as 4 copas deles,  e na copa do mundo da Alebranha, aqui,  não ia existir 7 a 1, como a gente tá no mesmo time, na real ia ser 8 a 0!
  • E na final a  gente ia grita “chupa argentina!!! Aqui é... hexa, septa... o...cta.... aqui é nooooove porra!!!
  • A Alebranha é a minha utopia! Eu acho até que se a gente fosse colonizado pelos alemães , não ia existir o Nazismo, primeiro por que o Brasil já é gigante, tem mais território que tudo que o nazismo conquistou. Depois que os alemães foram um dos primeiros a liberar a maconha, imagina esse povo chegando aqui e encontrando o cachimbo da paz. Não ia ter “Hi Hitler!” Ia ter “Hi...five, mano!”.
  • Hitler ia ficar lá longe, Hitler não era nem alemão, era Austríaco. E sei lá, moreno, baixinho, bigodudo com aquele chapéuzinho, eu acho que ele nem era  Austríaco nada, era um Mario Bros, “Its meee, Hiiiitler”.
  • Imagina a gente jogando Super Hitler Bros! ... Só imagina aí, eu não tive coragem de continuar essa piada.
  • Mas eu to tentando falar de política hoje, e eu falando de política é como o Joel Santana falando inglês.
  • Eu já tentei parecer mais politizado, mas assim como a maioria das pessoas do Brasil, quando se trata de política, eu também sou ignorante.
  • Eu admiro muito mais as pessoas que assumem a sua ignorância do que as que fingem ser politizadas. Tenho um amigo que finge tanto intender de tudo que eu perguntei pra ele, o que era "DIU" e se ele já tinha usado, ele disse que só precisou usar na adolescência.
  •  “Aé? E como é que usa?”. “Eu precisei usar depois de tirar o aparelho dos dentes”.  Cara, por favor me apresenta sua dentista aí!
  • Todo mundo tem um amigo assim. Esse cara é o famoso “metido a besta”, ou, mais popularmente conhecido como “chato pra caralho”.
  • Ele entende de tudo!  Vai discutir política, e ele repete tudo que leu na capa da revista. Ele nem leu a matéria direito. Um dia eu perguntei o que ele achava da Dilma. Ele disse que ela deveria começar preparar o tanquinho pro verão. Nesse dia eu acho que ele leu a capa da revista errada.
  • Outro amigo que todo mundo tem, e que adora discutir política é o amigo que discorda de tudo, o famoso "do contra". Popularmente conhecido como “puta merda”.  Por que quando ele comece a falar você pensa “puta...merda...”.
  • Ele veio ao mundo pra discordar das pessoas, ele sempre tem uma opinião contra, né não? Todo mundo tem um amigo, sim ou não?
  • Sempre do contra, parece que ele só toma remédio com contraindicação, só comemora gol contra, só dirige na contra mão,  ele parece que nasceu do cruzamento entre um racista e uma beringela. É que eu sou extremamente contra essas duas coisas.
  • O problema de discutir política pra mim é que na maioria das vezes ninguém está discutindo política,  estão defendendo lados. E se você está mais preocupado em defender o seu e atacar o outro você não está preocupado com todos. E a política existe para o bem de todos não só para o seu lado. Política virou futebol! Não importa se o seu time venceu o campeonato com melhor saldo de gols, pra mim ele é um lixo, e tava roubando!
  • É sempre isso! Eu nunca vi alguém discutindo política e assumindo que o outro partido fez coisas bacanas também. Não! O outro partido sempre é uma droga! Não importa nada o que ele fez de bom. É tipo ex namorado! Não importa se ele ajudou sua família a sair de uma dívida, ele é um canalha. "Mas sua família ia vender a casa!" "Não importa, sabia ele era grosso comigo? Ele é um canalha!" "Mas ele doou um rim pro seu cachorro!" "Não importa, sabia que ele ficou com a minha amiga, ele é um canalha!" "Mas você disse que era o melhor sexo da sua vida!" "Não importa, sabia que... ele era um canalha!"
  • Você sempre vê o lado ruim do outro partido. O partido construiu a ponte, mas secou o rio, reformou hospital, mas demitiu médico, pagou a dívida, mas desvalorizou o real, diminuiu os impostos... hehehe “diminiu os impostos” até parece , né? Foi mal, pirei agora... hehehe... Mas estão entendendo?
  • As pessoas gastam tanto tempo defendendo lados e esquecem que na real, só existe um lado!  O lado humano!
  • Mas essa cegueira é um mal comum da humanidade egoísta. Através da internet a gente fortalece esse pensamento egoísta. Por causa do facebook todo mundo quer dar opinião! Por causa da ignorância todo mundo esquece que opinião não é verdade.
  • Por causa do esquecimento, a gente não lembra que não existe verdade absoluta. Todo história tem vários lados. Chapéuzinho vermelho por exemplo, você pode achar legal que no fim o lenhador mata o lobo e salva os dois. Eu acho uma merda um cara que estava devastando a floresta, matar um lobo que comeu uma parte de uma família irresponsável que envia uma criança para atravessar uma floresta sozinha pra ir visitar uma senhora esquecida pela família!
  • Coitada da vovozinha já tinha passado da hora dela. Pra mim o lobo tinha que comer a coitada da velha abandona, o lenhador tinha que ser enquadrado pelo greenpeace e os pais tinham que perder a guarda da chapeuzinho que ia acabar morando com os 3 porquinhos! Por que esses sim sabem se proteger do lobo.
  • Enfim... é isso.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Arquivo de Posts

« Outubro 2017 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31          

Quarta
25
Out
21:30
Banco Honda Hall - Rua Júlio Diniz, 176 - Vila Olímpia
Quarta
01
Nov
21:30
Banco Honda Hall - Rua Júlio Diniz, 176 - Vila Olímpia
Quarta
08
Nov
21:30
Banco Honda Hall - Rua Júlio Diniz, 176 - Vila Olímpia
Quarta
15
Nov
21:30
Banco Honda Hall - Rua Júlio Diniz, 176 - Vila Olímpia
Quarta
22
Nov
21:30
Banco Honda Hall - Rua Júlio Diniz, 176 - Vila Olímpia
Quarta
29
Nov
21:30
Banco Honda Hall - Rua Júlio Diniz, 176 - Vila Olímpia
Quarta
06
Dez
21:30
Banco Honda Hall - Rua Júlio Diniz, 176 - Vila Olímpia
Quarta
13
Dez
21:30
Banco Honda Hall - Rua Júlio Diniz, 176 - Vila Olímpia

  • 15.06.17
    Curso de improvisação e mímica com Fábio Lins. Solte sua imaginação e agarre sua criatividade. Curso voltado para atores e não atores.  Próxima... [Ler mais]
  • 15.06.17
    DESCUBRA SEU BOM HUMOR  Gostaria de desenvolver sua criatividade? Perder a timidez? E que tal se divertir muito enquanto cresce como artista? Para interessados... [Ler mais]
  • 24.10.15
    Política?   Muita gente reclama que os comediantes não são politizados. E se você acha que a maioria dos comediantes só fala merda, hoje eu vou... [Ler mais]
  • 18.07.13
    No programa, estudos e vivência de Improvisação, Interpretação e Teatro Físico e Mímica. Publico-alvo: atores e não-atores interessados em conhecer... [Ler mais]
  • 24.06.13
    Parece mesmo que em 2013 começou um novo mundo, pelo menos para o Brasil.
    E assim como tudo que nasce, há muita vida, espontaneidade e muito aprendizado.... [Ler mais]
  • 30.05.13
    DOMINGO Dormindo, o casal é desperto pelo alarme do celular, que bate um sino irritante. O homem estica o braço preguiçoso, alcança o aparelho com... [Ler mais]
  • 29.05.13
    Márcio Ribeiro morreu. Assim... do nada, fico sabendo pelo Twitter.   Logo busco a última imagem que tive dele em vida. Era segunda feira e Danilo... [Ler mais]
  • 28.05.13
      Ator criador, Fábio se formou como ator estudando teatro físico e de improvisação. Formado como ator em Curitiba, atua dês de os 13 anos.  Como... [Ler mais]
  • 14.01.13
    1. Gostaria de falar sobre AEROPORTO. Essa palavra já é estranha, né? “Aero”, ok! Remete a “avião”. Agora, “porto”? O avião não pousa... [Ler mais]
  • 01.12.12
      História de amor mais famosa do mundo? Romeu e Julieta! 

    Um playboy emo e uma mimada depreciva. 
    Ele é filho do dono da Coca,... [Ler mais]
  • 23.11.12
      Estive na Argentina 5 dias e vi 4 passeatas diferentes. Lá o clima esta tenso, achei o povo na maioria grosso, chato. A coisa ta feia. O dinheiro... [Ler mais]
  • 09.10.12
    Já faz mais de um ano que sai de casa... Puxa vida mãe, estou emocionado. O tempo passa, pensa bem, seu mais novo está agora com 26 anos!... [Ler mais]
  • 08.01.12
    Chego na megalópole São Paulo. Nessas viagens tenho aprendido a dormir de forma minimamente confortável em cadeiras confrontáveis e cada vez mais adquiro... [Ler mais]
  • 08.01.12
    Como a gente fala coisa sem nexo, né? A que a gente mais fala é “Oi, tudo bem?” É impossível estar tudo bem, mas  falar isso já é tão batido... [Ler mais]
Loading..